Governo faz noitada para decidir hoje futuro da TAP

Executivo aguardava ontem à noite o parecer financeiro da Parpública mas continuava a acreditar numa decisão até esta quinta-feira.

O governo esteve numa maratona durante o dia e a noite de ontem a analisar os relatórios das duas propostas de compra da TAP. A intenção é levar a decisão final ao Conselho de Ministros de hoje. "Querer, queremos. Vamos ver se é possível. Se acabarmos, acabaremos noite fora", confirmou ao Dinheiro Vivo fonte ligada ao processo.

Em cima da mesa esteve o parecer da TAP sobre as propostas estratégicas dos dois concorrentes, sendo que era aguardado ainda ao longo da noite o relatório da Parpública - a holding estatal, com a avaliação do mérito financeiro das duas candidaturas à compra da transportadora aérea.

As propostas melhoradas por Germán Efromovich e David Neele- man foram entregues na passada sexta-feira, dentro do prazo estipulado pelo governo para a revisão. A 5 de junho, poucos minutos antes de terminado o prazo, os dois concorrentes à compra da TAP entregavam as propostas melhoradas na sede da Parpública, em Lisboa. A entrega foi confirmada pela empresa detentora das ações da TAP. "Confirma que, dentro do prazo definido pelo governo para a fase de negociações com os interessados, recebeu duas propostas relativas à compra de ações representativas de 61% do capital da TAP SGPS, SA". As propostas pertencem à Gateway e HPGB de David Neeleman e Humberto Pedrosa, respetivamente, e à SAGEF, da Synergy e Germán Efromovich.

Leia mais na edição impressa ou no e-paper do DN

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG