Europa negativa após revisão do PIB da China para 2012

As bolsas europeias abriram hoje em baixa, penalizadas pela decisão da China de rever o crescimento para 2012 em meio ponto percentual.

Nos primeiros minutos de negociação, o Eurostoxx 50 seguia a perder 0,10 por cento, para 2.550,71 pontos, com as principais praças a oscilarem entre as perdas de 0,41 de Paris e os ganhos de 0,43 por cento de Milão.

Em terreno negativo seguiam também Londres (0,34 por cento) e Frankfurt (0,29 por cento), enquanto Madrid mantinha-se em terreno positivo (0,18 por cento).

Lisboa acompanhava o ritmo das congéneres europeias, posicionando-se em terreno negativo, nos 0,17 por cento.

Esta semana o Banco Central Europeu realiza, na quinta-feira, a sua reunião mensal de política monetária e sexta-feira os ministros das Finanças deverão acordar definitivamente a segunda ajuda à Grécia.

Entre as referência macroeconómicas para hoje destaque para a publicação dos índices PMI dos setores dos serviços para a zona euro, Espanha, França, Itália, Alemanha e Reino Unido e para os dados do comércio a retalho de janeiro, da responsabilidade do Eurostat.

Do outro lado do Atlântico, os investidores estarão de olhos postos na conferencia anual do Instituto Internacional de Banqueiros, que concentrará os líderes do setor bancário dos EUA.

O euro abriu hoje inalterado no mercado de divisas de Frankfurt face a sexta-feira e trocava-se a 1,3206 dólares, enquanto o barril de petróleo Brent, de referência para Portugal e para entrega em abril, seguia em alta para os 123,88 dólares.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG