Estado tirou mais 1 357 milhões em impostos até julho

A receita fiscal do Estado continua a ser a grande estrela da execução orçamental. O aumento nos impostos diretos disparou mais de 21%.

Segundo o comunicado das Finanças sobre o andamento das contas públicas nos primeiros sete meses deste ano, "a receita fiscal do Estado registou, face ao mesmo período do ano anterior, um crescimento de 7,6%, o que traduz um aumento de euro 1.357 milhões, superando assim a estimativa de crescimento de 6,9% prevista no Orçamento de Estado Retificativo (OER) para o conjunto do ano de 2013".

"Para este resultado contribuiu fundamentalmente o bom desempenho registado na cobrança dos impostos diretos, com um crescimento homólogo de 21,4%", destaca o documento.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG