EPAL deu aumentos a vários colaboradores

Tutelada pelo Ministério do Ambiente, a EPAL aprovou em Dezembro de 2010, já após a aprovação dos cortes salariais aos funcionários públicos, um aumento a cerca de 40 trabalhadores.

Segundo a edição deste sábado do "Correio da Manhã", a empresa deu um aumento de cinco por cento a cerca de 40 funcionários. A administração, presidida por João Fidalgo,  justifica a medida ao jornal dizendo que o aumento salarial faz parte do Acordo de Empresa.

O "Correio da Manhã" diz que a ministra do Ambiente, Dulce Pássaro, já pediu esclarecimentos.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG