Eficiência dos portos

Bruno Dias considera fundamental "associar um planeamento de desenvolvimento económico a uma política de fomento do aparelho produtivo", como agricultura, pescas e indústria, para que não se fique a ver as mercadorias passar nos portos portugueses.

Destaca ainda que Portugal deve estar na linha da frente no que diz respeito à segurança e eficiência dos portos.

"Temos de defender a estabilidade, a segurança e a capacidade de funcionamento dos portos, com trabalhadores motivados, tratados com condições de trabalho, com dignidade e remuneração justa."

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG