Durão Barroso: Programas de ajustamento funcionam

O presidente da Comissão Europeia, Durão Barroso, defendeu hoje em Bruxelas que os programas de ajustamento podem ser bem sucedidos e que são muitos os exemplos de sucesso na Europa, já que contenção orçamental e crescimento são conciliáveis.

"Sei do cepticismo que existe na Grécia e também fora da Grécia sobre as possibilidades de sucesso com este género de programa (de ajustamento). E a minha mensagem clara é a seguinte: pode funcionar", disse José Manuel Durão Barroso, durante uma conferência de imprensa em Bruxelas.

Questionado em concreto sobre o caso grego, o presidente do executivo comunitário respondeu de uma forma geral, sustentando que são muitos os casos de sucesso de programas de dura consolidação orçamental, "dentro da Zona Euro e fora da Zona Euro", ainda que admitindo que, nalguns casos, há um "período de transição" entre a austeridade e o crescimento.

"É verdade que, nalguns casos, numa fase de transição, depois de grandes desequilíbrios e gastos excessivos, há um momento de ajustamento que é inevitável e nalguns casos extremamente doloroso, e temos a maior consideração por aqueles que sofrem as consequências", apontou.

Durão Barroso insistiu todavia que é necessário passar por esse ajustamento, sem o qual "não se pode restaurar crescimento, confiança e emprego", e, entre os casos de sucesso, apontou o da Letónia, que aplicou duras medidas, e Irlanda, um dos países com programa de ajustamento em curso.

"A Letónia sujeitou-se à maior consolidação de sempre, com sacrifícios acima daqueles feitos pela Grécia, e as nossas estimativas para o próximo ano são de um crescimento de 4 por cento para a Letónia e subida da taxa de emprego", sublinhou, acrescentando que também a Irlanda, com um "programa muito ambicioso" em curso, deverá conhecer um crescimento de dois pontos percentuais já em 2012.

"É por isso muito importante sublinhar este ponto: consolidação orçamental não significa necessariamente recessão", concluiu.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG