Vítor Constâncio considera "pertinente" dar mais um ano a Portugal

O vice-presidente do Banco Central Europeu (BCE) Vítor Constâncio considerou hoje, em Bruxelas, "pertinente" o debate sobre a possibilidade de Portugal beneficiar de mais um ano para corrigir o défice excessivo.

"É uma discussão pertinente, caberá à Comissão Europeia tomar uma decisão sobre isso, visto que tem a competência legal para o fazer, não é o BCE que define essa matéria. Há muitos precedentes em relação à Espanha, em relação à Grécia", disse Constâncio, que falava aos jornalistas à margem de uma conferência.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG