Troika impõe reforma aos 66 e revisão salarial no Estado

A missão troika chega hoje a Portugal para iniciar a oitava e a nona avaliação ao programa de ajustamento.

Na agenda estão mais medidas que agravam os cortes na despesa pública e que têm de produzir impacto financeiro no Orçamento do Estado de 2014: a subida da idade de reforma (sem penalização) para 66 anos para todos os trabalhadores, público e privado, a revisão das tabelas salariais da função pública, acabando com suplementos remuneratórios, e um plano B para o caso de o Tribunal Constitucional (TC) vir a chumbar mais diplomas, como o aumento do horário de trabalho no público (para as 40 horas) ou o regime de convergência das pensões da Caixa Geral de Aposentações (CGA).

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG