Subida de preço dos combustíveis pode intensificar-se

O aumento do preço dos combustíveis "é uma matéria que não depende da intervenção do Governo", disse hoje Pedro Passos Coelho, por se tratar de "um mercado regulado".

"Cabe ao regulador vigiar como ocorrem" as flutuações verificadas no preço do gasóleo e da gasolina, explicou o primeiro-ministro. Passos Coelho acredita que subida se "vai manter ou até intensificar".

Passos Coelho reiterou que perante o cenário de subida dos preços dos combustíveis fósseis, "mais importante se torna a aposta na eficiência energética".

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG