Sony: Estratégia, contexto e declínio

Por vezes, é útil recordarmos que uma grande estratégia só é útil em contexto. Durante os anos oitenta e noventa, a Sony era fantástica. Mestre sem rival do mundo dos aparelhos eletrónicos, o próprio nome era sinónimo de tecnologia de ponta, sofisticação e desejabilidade. Nessa altura, as pessoas partilhavam a visão de um futuro excitante mas humano, do qual os gadgets híper-eficazes e elaborados da Sony eram a expressão máxima. Era muito mais que apenas o Walkman ou o Trinitron: tudo o que a empresa fazia era de qualidade impecável, intricadamente minucioso mas funcional.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG