Situação dos portos é um "regresso ao passado"

O secretário-geral da CGTP, Arménio Carlos, considerou hoje que a situação atual dos portos portugueses é um "regresso ao passado" com "muita procura e pouca oferta", em que se pede aos trabalhadores que "trabalhem de borla".

Em declarações à margem de uma audição no Parlamento sobre as alterações à lei portuária, Arménio Carlos frisou que a greve dos estivadores diz respeito às horas extraordinárias.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG