Sindicatos vão travar 40 horas com providências

A lei que aumenta o horário de trabalho na função pública das 35 para as 40 horas semanais teve luz verde de Cavaco Silva, mas o Governo está longe de ter ganho esta batalha.

Além de os partidos da Oposição já terem confirmado que pretendem enviar o diploma para o Tribunal Constitucional, os sindicatos prometem travar este aumento com providências cautelares nos tribunais.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG