Sindicatos negoceiam com câmaras horários de 35 horas

Desde o início da semana, os sindicatos da função pública já sondaram ou enviaram mais a mais de meia centena de autarquias propostas para negociar acordos de trabalho com horários inferiores ao limite máximo das 40 horas semanais.

Exclusivos