Sindicato acusa Pingo Doce de violar Contrato Coletivo

O Sindicato dos Trabalhadores do Comércio acusa o Pingo Doce de estar a usar novas formas de adaptabilidade de horários de trabalho, que "não está completamente em conformidade com a organização do horário de trabalho no Contrato Coletivo de Trabalho vigente".

De acordo com o Sindicato trata-se "de trabalho suplementar a mais sem pagamento e que será eventualmente, compensado pelo mesmo tempo de descanso".

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG