'Regra de ouro' pode não exigir alteração da Constituição

Paulo Portas defendeu hoje num almoço de empresários que Espanha é um exemplo a seguir uma vez que alterou a Constituição para colocar a 'regra de ouro', o mecanismo recentemente aprovado para controlo fiscal entre a Europa.

Todavia, e contrariamente ao já defendido por Passos Coelho, Portas defendeu que este é um "tema de importância para-constitucional" e desviou-se da ideia do primeiro-ministro de seguir os passos do Governo espanhol.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG