Redução de férias e pontes só entra em vigor em 2013

O alívio é curto, mas garantido: a redução das férias de 25 para 22 dias úteis e a marcação unilateral das pontes pela empresa são medidas que só vão começar a ser aplicadas a partir de 2013. Já a eliminação dos feriados avançará assim que o novo enquadramento legal entrar em vigor, segundo esclareceu fonte oficial do Ministério da Economia.

A dúvida sobre o momento de aplicação destas novas regras - que constam do acordo tripartido que foi assinado na quarta-feira pelo Governo, confederações patronais e UGT - instalou-se, mas é seguro que estas só poderão ser usadas a partir de 2013.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG