Portugal não vai pedir alteração do plano de ajustamento

Os juros da dívida soberana a longo prazo vão começar a descer lentamente à medida que Portugal cumprir o plano de ajustamento acordado com a troika, afirmou o ministro das Finanças, Vítor Gaspar.

Em entrevista à Bloomberg, o ministro afirmou também que Portugal não vai pedir uma alteração do plano de ajustamento.

"O processo para voltar a ganhar acesso aos mercados é um processo gradual", disse, em Vítor Gaspar em Nova Iorque. "Estas coisas levam tempo. A credibilidade e a confiança acumulam-se lentamente".

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG