Pensionistas pediram fiscalização preventiva dos cortes

A APRe!, que esteve esta segunda-feira em audiência com Cavaco Silva, foi pedir ao Presidente da República que envie o corte das pensões na Caixa Geral de Aposentações e o Orçamento do Estado para o Tribunal Constitucional. A Associação de Reformados, que esta manhã falava numa "violação brutal da Lei da Confiança", sente que o Presidente ouviu as suas angústias.

Rosário Gama, presidente da Associação de pensionistas e reformados, entende que Cavaco Silva deve enviar os dois documentos para uma fiscalização preventiva, de forma a travar a aplicação da lei que vai cortar parte das pensões de sobrevivência dos reformados e de 10% nas reformas dos antigos trabalhadores do Estado, já no próximo ano.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG