Passe mais barato só para quem ganha menos de 545 euros

Os passes sociais mais baratos, apoiados pelo Estado, apenas estarão acessíveis às pessoas que, em média, ganhem menos de 545 euros brutos por mês.

De acordo com Ministério da Economia, a partir de 1 de Setembro, começará a ser vendido aos utentes os novos títulos de transporte: os "Passes Sociais +".

Segundo o comunicado do ministério, para ter acesso a estas tarifas sociais, os mais pobres terão de apresentar uma prova de rendimentos anual em que mostrem que têm um rendimento mensal bruto inferior "a 1,3 vezes o Indexante de Apoios Sociais (IAS)". O IAS está hoje em 419,22 euros. Dá 545 euros brutos.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG