Ministro engana-se no número desempregados

Foi um primeiro sinal "ténue", mas um primeiro sinal, garantia hoje Pedro Mota Soares, depois do Eurostat confirmar a queda, pelo segundo mês consecutivo, no número de desempregados.

"Nós sabemos que neste momento o país continua a ter no desemprego a sua maior dificuldade, a situação é muito difícil para muitos desempregados em Portugal", sublinhou o ministro.

Outras Notícias

Outros conteúdos GMG