Mexia garante que acionistas da EDP suportarão custos da nova taxa de energia

O CEO da EDP, António Mexia, garantiu hoje que a nova taxa que o Governo vai aplicar em 2014 ao setor energético não será repercutida nos consumidores, porque "será suportada pelos acionistas".

Contudo, não deixa de referir que essa taxa deveria ser temporária e alargada a outros setores das infraestruturas.

"É um esforço, mas essas taxas são compreensíveis se forem temporárias. Ninguém gosta, mas as pessoas percebem que resulta de uma necessidade de curto prazo. Agora, a EDP já é o maior pagador de impostos em Portugal. É bom que o esforço [da taxa] seja repartido por outros setores além da energia", reparou Mexia na conferência do segundo aniversário do Dinheiro Vivo.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG