Menos 18 mil funcionários: Estado emagrece a ritmo recorde em 2011

O corte no número de empregos públicos na administração central (todos os ministérios) foi o maior dos últimos anos.

De acordo com números hoje avançados pelo Governo, esta parte do sector público emagreceu 18,6 mil postos de trabalho. Há agora cerca de 493,8 mil postos de trabalho, menos 3,6% face a Dezembro de 2010. É a maior queda de sempre desde, pelo menos, 2005.

O secretário de Estado da Administração Pública, Hélder Rosalino, refere que esta redução é sobretudo explicada "pelo esforço de menor contratação de pessoas por parte dos serviços, em segundo lugar, pelas saídas para a reforma e em terceiro devido à própria reestruturação dos serviços".

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG