Medidas vão contribuir para aumentar número de pobres, diz o presidente da Caritas

O presidente da Caritas alertou hoje para o aumento do número de pobres com as medidas anunciadas pelo Governo e defendeu a renegociação do pagamento da dívida à troika, já que "não se sabe quando a crise vai terminar".

Eugénio Fonseca lamentou também à agência Lusa que, mais uma vez, seja a classe média a "mais martirizada", assistindo novamente ao agravamento da sua situação económica-social.

"Aqueles que já estavam no limiar da pobreza vão ficar mais pobres e alguns vão cair efectivamente na pobreza", frisou o responsável, convicto de que "estas medidas vão contribuir para o aumento de número de pobres em Portugal".

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG