Mais dinheiro para Portugal a partir de 2013

Olli Rehn admitiu esta manhã que a Comissão Europeia poderá emprestar mais dinheiro a Portugal, caso a República não consiga regressar aos mercados nos prazos e montantes previstos no programa de ajustamento.

No entanto, este apoio estará sempre dependente de um cumprimento das medidas exigidas pela troika.

O comissário europeu explicou que, caso Portugal sinta dificuldades no regresso ao mercado em 2013 e 2014, Bruxelas poderá ajudar a "construir uma ponte" que ajude nessa transição.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG