Mais de 1900 perderam Rendimento Social de Inserção

Mais de 1.900 pessoas perderam o direito ao Rendimento Social de Inserção (RSI), em abril, face ao mês de março, situando-se nos 272.977 beneficiários, segundo dados do Instituto da Segurança Social (ISS)

Segundo as últimas estatísticas do ISS, atualizadas a 02 de maio, o número de beneficiários do RSI caiu 0,7 por cento em abril relativamente a março, mês em que foram registadas 274.910 pessoas a receberem esta prestação social.

Comparativamente ao período homólogo do ano passado, 59.718 pessoas deixaram de beneficiar do Rendimento Social de Inserção, menos 17%.

Os dados, publicados no site do ISS, indicam também que 237 famílias perderam o direito ao RSI, baixando de 110.534 agregados em março para 110.297 em abril (-0,21%).

O distrito do Porto é o que reúne o maior número de beneficiários (78.278), seguido de Lisboa (54.516) e de Setúbal (22.405).

É também nestes três distritos que estão concentradas as famílias, havendo 32.355 no Porto, 22.273 em Lisboa e 8.907 em Setúbal.

Do total de beneficiários do RSI em abril, 140.488 eram mulheres e 132.477 eram homens.

A grande maioria dos beneficiários (96.505) tem menos de 18 anos, seguindo-se o grupo etário dos 40 aos 44 anos (21.895) e o grupo etário dos 45 aos 49 anos (21.834).

Segundo os dados da Segurança Social, em abril, cada beneficiário do RSI recebeu em média 81,95 euros, enquanto cada família recebeu em média 205,11 euros.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG