Maior gestora congela compra de obrigações lusas

Nem mesmo o fim da crise política e a nomeação de novos ministros para o Governo convence o mercado dos títulos do Tesouro.

Por exemplo, a poderosa Pimco, a maior gestora de fundos obrigacionistas do mundo, veio dizer que recusa emprestar dinheiro à República. A taxa de juro das obrigações (OT) a 10 anos continua, assim, a subir. Estava a negociar perto dos 6,5% há minutos, valor que compara com o fecho de 6,36% de segunda-feira.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG