Ryanair acusa: "A Vinci não está a deixar Lisboa crescer"

Michael O'Leary acusa a concessionária dos aeroportos portugueses de limitar crescimento na capital "para não ter de investir num segundo aeroporto".

Michael O'Leary considera que Portugal é um dos países com maior potencial de crescimento na rede da companhia de baixo custo irlandesa Ryanair. Porém, o CEO acusa a Vinci - concessionária dos aeroportos portugueses - de "impedir o crescimento de Lisboa, propositadamente, para que não tenha de investir num segundo aeroporto, mal atinja os 20 milhões de passageiros" de tráfego.

Exclusivos