Gaspar está de volta e diz que é preciso descer impostos

FMI manda ex-ministro dizer que é preciso mais investimento público e descer alguns impostos sobre o trabalho

Vítor Gaspar, que já foi um "falcão" da política monetária e anti-défices públicos, na alinha mais ortodoxa dos alemães, defendeu hoje algo substancialmente diferente: "é preciso uma política orçamental inteligente" que ajude as reformas a surtirem efeito, a criar emprego e a não deixar as economias desenvolvidas num pântano de "baixa inflação". Uma política "inteligente" que não coloque em xeque a sustentabilidade da dívida, ressalvou.

Ler mais

Exclusivos