Gaspar corrigiu Catroga e acabou nas Finanças

É uma entrevista longa, de 368 páginas. A primeira que dá desde que se demitiu do Governo, a 1 de julho do ano passado.

O livro "Vítor Gaspar", de Maria João Avillez, que hoje sai para as livrarias e a que o Dinheiro Vivo teve acesso, revela um personagem público "pouco modesto", que se diz "amigo" e admirador de quase todos os grandes intervenientes da alta política europeia e de outros tantos nomes de proa da academia mundial. Economista com provas dadas, Gaspar não economiza em adjetivos quando se trata de elogiar os seus pares da política e da universidade.

Ler mais

Exclusivos