"Galp pode contestar, mas estamos confiantes na nossa decisão"

A Autoridade da Concorrência aplicou uma multa de 9,3 milhões de euros à Galp por praticas anticoncorrenciais no mercado do gás de botija.

A Autoridade da Concorrência (AdC) não está preocupada com a contestação que a Galp se prepara para fazer em tribunal à multa que lhe foi aplicada por práticas anticoncorrenciais no mercado do gás de botija.

"Se a Galp quiser contestar está no seu direito e é algo que encaramos com toda a normalidade, mas estamos confiantes na nossa decisão", disse o presidente daquela entidade, António Ferreira Gomes, numa audiência do Parlamento.

E até acrescentou que todas as decisões semelhantes que a AdC tem tomado têm sido confirmadas pelo Tribunal da Concorrência, ainda que "algumas com redução das coimas aplicadas".

Ler mais

Exclusivos

Premium

Rosália Amorim

Crédito: teremos aprendido a lição?

Crédito para a habitação, crédito para o carro, crédito para as obras, crédito para as férias, crédito para tudo... Foi assim a vida de muitos portugueses antes da crise, a contrair crédito sobre crédito. Particulares e também os bancos (que facilitaram demais) ficaram com culpas no cartório. A pergunta que vale a pena fazer hoje é se, depois da crise e da intervenção da troika, a realidade terá mudado assim tanto? Parece que não. Hoje não é só o Estado que está sobre-endividado, mas são também os privados, quer as empresas quer os particulares.