Fusão Zon/Optimus "criou 1500 novos empregos diretos"

Este ano a NOS quer ter mais 220 mil lares ligados com a rede da empresa.

A fusão entre a Zon e a Optimus, "apesar do que muitos disseram e afirmaram, não destruiu postos de trabalho. Pelo contrário, criou 1500 novos empregos", avançou hoje Miguel Almeida, CEO da NOS.

O gestor falava na conferência dos resultados anuais da operadora, a primeira depois da fusão entre as duas empresas em que a NOS apresentou um crescimento de lucros de cerca de 18%, para perto de 75 milhões de euros de lucros.

Exclusivos