Alemanha contra empréstimo direto à banca espanhola

O governo alemão pronunciou-se hoje contra um empréstimo do Fundo Europeu de Estabilidade Financeira (FEEF) à banca espanhola para evitar que Madrid tenha de se submeter a um programa de ajuda externa, hipótese avançada pela imprensa germânica.

"Os princípios são claros, o requerimento (ao FEEF) tem de ser feito por um governo, e esse governo responsabiliza-se por isso e tem de aceitar condições e dar garantias", disse aos jornalistas na capital alemã Steffen Seibert, porta-voz do executivo de Angela Merkel.