"A Pepsi fez vudu contra si própria"

Carlos Coelho, presidente Ivity Brand Corp, considera que a campanha da Pepsi brincando com Cristiano Ronaldo teve uma "abordagem muito amadora."

Para este criador de marcas, "uma marca da dimensão da Pepsi não deverá procurar notoriedade, ainda que com uma forte implicação local, cultivando anti-corpos desta natureza."

A Pepsi é uma marca global, pelo que o que faz na Suécia, terá sempre repercussões em outros mercados. "A Pepsi, neste caso, fez vudu contra si própria, esquecendo-se que os consumidores de todo o mundo estavam a observar e que não deixaram de penalizar a marca por este tipo de mau gosto, em forma de publicidade", reforça Carlos Coelho.

Ler mais