Guilherme Silva: agências de rating não podem continuar de "rédea solta"

O vice Presidente da Assembleia da República Guilherme Silva afirmou hoje que as agências que operam nos mercados financeiros não podem continuar de "rédea solta", sem que o Estado e outras instâncias internacionais exerçam o poder regulador.

Ao intervir hoje, em Coimbra, na sessão de abertura do congresso extraordinário da Associação Nacional de Municípios Portugueses (ANMP), realçou que não foi apenas Portugal visado, "pois já foram postos em causa o Banco Central Europeu, o Fundo Monetário Internacional e a Comissão Europeia".

Leia mais em Dinheiro Vivo, a sua nova marca de economia

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG