Governo mantém salário mínimo nos 485 euros

O Governo, através do Ministério da Economia e do Emprego, enviou um relatório demolidor contra o aumento do salário mínimo. A remuneração mínima (RMMG), atualmente congelada nos 485 euros, deverá continuar no mesmo valor em 2013.

O tema ainda será discutido amanhã na concertação social a pedido da CGTP, mas aparentemente o Executivo de Passos está irredutível neste assunto. Para mais, o memorando assinado com a troika 'proibe' aumentos da RMMG durante a "vigência" do programa de ajustamento.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG