Governo diz à troika que tem dinheiro para evitar cautelar

A República já tem dinheiro suficiente para aguentar todo o ano do pós-troika - junho de 2014 a junho de 2015 - sem ir ao mercado e, desse modo, afastar-se de forma evidente de um programa cautelar, que o governo já pressente como derrota política.

O PS joga com essa pressão. O Tesouro já tem pelo menos 8,2 mil milhões de euros depositados que cobrem metade das necessidades de financiamento de 2015, informou a Agência da Dívida Pública (IGCP). Esta informação - há verbas em caixa de sobra para percorrer em segurança os 12 meses críticos após o final do atual resgate - foi passada a vários investidores internacionais de peso e à missão da troika, que chegou a Lisboa na quinta-feira.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG