Governo devolve 35,7 milhões a doentes e desempregados

O Governo teve de devolver 35,7 milhões de euros aos desempregados e às pessoas que estiveram de baixa nos primeiros meses do ano às quais foi aplicada uma taxa contributiva, considerada inconstitucional pelo Tribunal Constitucional.

A execução orçamental de abril revela um novo agravamento da despesa com subsídio de desemprego e um desempenho negativo homólogo de 0,4% do lado das contribuições e quotizações.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG