Governo deve assumir mal que fez ao não pedir mais tempo

O líder parlamentar do PS, Carlos Zorrinho, defendeu hoje que o Governo deve assumir "o mal que fez ao país" ao não prolongar o prazo para as metas do défice e que isso teria evitado medidas tão duras.

Em declarações aos jornalistas no final da reunião do grupo parlamentar do PS, Zorrinho acusou o Governo PSD/CDS-PP de chegar sucessivamente "atrasado" aos momentos decisivos e sublinhou que os socialistas "há muito tempo que consideram que o ajustamento, "para ser forte e não destruir a economia, precisava de mais um ano".

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG