General Motors regressa ao número um

O gigante americano vendeu 9,03 milhões de veículos em 2011, à frente da alemã Volkswagen e da japonesa Toyota.

Ameaçada de falência durante algum tempo, a General Motors aproveitou da melhor maneira a melhoria do mercado automóvel nos Estados Unidos recuperar o lugar de número um mundial. Com 9,03 milhões de veículos vendidos em 2011, o gigante americano ficou à frente da alemã Volkswagen e da japonesa Toyota.

A Chevrolet, a marca mais importante da General Motors a nível internacional, bateu um recorde de vendas de 4,74 milhões. O construtor americano possui ainda a Buick ou a Cadillac.

Forçada a declarar falência em junho de 2009, devido à crise financeira internacional, a General Motors deu então o primeiro lugar à Toyota, que o manteve em 2010. Mas este ano, a americana voltou ao topo, não só graças ao aumento das suas vendas, mas também devido às perturações causadas pelo sismo e tsunami que em março atingiram o Japão e perturbaram a produção.

Com as vendas em queda, a Toyota foi em 2011 ultrapassada pela Volkswagen, dona entre outras da Audi, Seat, Skoda, Bentley, Bugatti ou Lanborghini.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG