Gaspar confirma mais medidas extra para cumprir défice

Serão necessárias mais medidas extraordinárias para cumprir o défice deste ano, confirmou o ministro das Finanças hoje no Parlamento. Buraco nas contas (se não houvesse qualquer medida) será de 2,5 mil milhões de euros, pelo menos.

O limite do défice que era para ser de 4,5% do PIB, mas que a troika deixou subir até 5% precisa de ser colmatado com várias medidas de cortes de despesa e aumento de receita, mas o Governo está a negociar medidas fora do cardápio (extraordinárias) para conseguir respeitar o novo teto acordado.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG