Fitch volta a defender programa cautelar para Portugal

Apesar de reconhecer o crescimento sustentado da economia e a estabilização da dívida portuguesa, a Fitch mantém o outlook negativo para o rating de Portugal, de BB+, voltando a alertar para os riscos do Orçamento do Estado para 2014 e das decisões do Tribunal Constitucional.

"As crises políticas e os chumbos do Constitucional ameaçam um agravamento fiscal e comprometem a conclusão com sucesso do programa de ajustamento", disse o diretor da agência de notação, Michele Napolitano, numa apresentação da agência de notação, a decorrer hoje, em Lisboa.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG