Fim dos feriados é a medida que mais vai cortar salários

A eliminação dos quatro feriados, que só será aplicada a partir de 2013, inclusive, é a medida que mais vai cortar nos salários dos trabalhadores por conta de outrem, diz o Governo.

Segundo estimativas do Ministério da Economia e do Emprego, o fim dos quatro feriados - Corpo de Deus, 5 de Outubro, 1 de Novembro e 8 de Dezembro - vai permitir reduzir imediatamente 1,71% no ordenado pago por hora.

A análise da secretaria de Estado do Emprego não considera outras medidas, como a implementação do banco de horas, nem os efeitos indiretos do regime do subsídio de desemprego que obriga as pessoas a aceitarem ordenados cada vez mais baixos.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG