Fim do resgate: Cautelar continuará disponível

Fonte da troika ouvida pelo Dinheiro Vivo, em Bruxelas, rejeitou que os credores estejam à espera de qualquer medida "concreta" do Governo para o desembolso da última parcela do financiamento internacional, assegurando que "não existe qualquer pré-condição" para a libertação da tranche.

"O que está a acontecer agora, é que temos um processo técnico em curso e o montante será desembolsado. Não há pré-condições", assegurou o funcionário da Comissão Europeia, ouvido em Bruxelas, pelo Dinheiro Vivo.

Numa explicação sobre a estratégia de saída, este responsável da Comissão Europeia esclareceu que a linha de crédito cautelar continuará "disponível", desde que Portugal implemente "medidas sólidas".

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG