Euribor em mínimos de seis meses

De acordo com o 'fixing' diário da Federação Europeia de Bancos, a taxa a três meses, usada como principal referencial para o crédito às empresas, fixou-se nos 1,303%, o equivalente a uma descida de 1,016 pontos percentuais.

A Euribor a seis meses, principal indexante utilizado em Portugal para o crédito à habitação, recuou 0,013 pontos percentuais e está agora nos 1,573%.

Já na maturidade mais longa, a doze meses, a taxa teve também uma queda acentuada, perdendo 0,015 pontos para os 1,903%.

Os analistas justificam a evolução em baixa das Euribor devido à possibilidade do Banco Central Europeu (BCE) voltar a cortar a sua taxa de juro de referência para os 0,5% durante este ano.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG