Euribor acentua mínimos de seis meses

As taxas Euribor mantiveram hoje a tendência de quebra para mínimos de seis meses, com o prazo mais curto a cair 1,208%, indica o 'fixing' diário da Federação Europeia de Bancos.

A taxa a três meses, utilizada como principal referencial para o crédito às empresas, situava-se naquele valor, depois de ter caído 0,015%.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG