Estradas de Portugal investe 436 milhões até 2020

Despesa é canalizada para manutenção. Novas obras são de concretização incerta

O plano de investimentos da Estradas de Portugal (EP) para a manutenção das rodovias em Portugal irá ascender a 436,2 milhões de euros até 2020. Em curso está a construção do Túnel do Marão, orçado em 146 milhões de euros financiados pela União Europeia. Acrescem 746,8 milhões de investimentos em novas estradas, mas cuja execução, ao longo de cinco anos, não está garantida. Dependerá do próximo governo e da capacidade de investimento do Estado português.

Exclusivos