Estado tem de acabar com 20 mil contratos até 2014

O Governo estima poupar 288 milhões de euros com a não renovação de contratos a termo entre 2013 e 2014.

Para atingir este valor, que consta da última revisão do memorando agora divulgada pelo FMI, cerca de 20 mil contratados a prazo poderão ficar sem trabalho quando o seu vínculo com a função pública chegar ao fim.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG