ES Saúde: UnitedHealth autorizada a comprar fora de bolsa

A oferta não vinculativa da dona da Amil sobre a Espírito Santo Saúde foi autorizada pela Comissão do Mercado de Valores Mobiliário, já que não há nada no Código de Valores Mobiliários que a proíba, adianta esta quinta-feira o Diário Económico.

A negociação tem em vista a aquisição de 55% da Espírito Santo Healthcare que domina 51% da ES Saúde (ESS). Os restantes 49% terão de ser negociados através de uma Oferta Pública de Aquisição.

A única exigência feita pelo regulador foi que a Espírito Santo Financial Group (maior acionista da ESS) divulgue publicamente a proposta do grupo que detém os Hospitais Privados de Portugal, detalha o mesmo jornal.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG