Empresa de Patrick de Barros suspeita de falência fraudulenta

A justiça francesa suspeita que a Petroplus, onde Patrick Monteiro de Barros é chairman, tenha precipitado a insolvência levantado cerca 100 milhões de euros das contas bancárias.

A Petroplus está sob suspeita de falência fraudulenta. Segundo a Europe 1, as autoridades francesas têm dúvidas relativamente às condições em que a subsidiária do grupo suíço, a refinaria Petit-Couronne, conduziu a falência.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG