Draghi teme que a atividade económica na zona euro entre numa estagnação prolongada

O Presidente do Banco Central Europeu, Mario Draghi, admitiu esta quinta-feira que o maior receio que tem em termos económicos é de que a atividade económica na zona euro entre numa estagnação prolongada e com elevadas taxas de desemprego.

"O meu maior medo" é que a economia entre numa "estagnação prolongada em comparação com o nosso cenário base" e com desemprego muito elevado, afirmou o líder do BCE na conferência de imprensa que se seguiu à reunião do Conselho de Governadores do, onde o banco manteve as suas principais taxas de juro inalteradas.

Outras Notícias

Outros conteúdos GMG